Pedaços.

Perdi-me no teu tanto querer saber. Não soube mais para onde correr, não soube mais do que fugia. Vivia num misto de medo e confusão e tu só me afundavas e fazias perder mais a cada hora que passava. Senti-te chegar e com um leve arrepiar não fui mais capaz de aguentar. Tive de chorar, gritar e transformar o sufoco em histerismo. Foste tu que passaste quando eu menos esperava. Foste tu quem me acordou e não deixou mais adormecer. Tremi e não me consegui mais mover. Agora quero correr, mas algo me fixa a este chão e a ti. … Continuar lendo Pedaços.

Escuro.

Continua a ser difícil ver-te partir. Hoje levas ainda um olhar mais distante por saberes tudo o que estás a deixar cair, tudo o que dizias não querer acontece de repente. Tento não te olhar no olhos porque sei bem tudo o que sabes ler. Tento ser forte e lembrar que fomos amigos, mesmo querendo gritar e fazer-te ver. Sinto-me perdida neste vaivém, quero chegar rápido a uma das margens. Estar perto de quem me quer bem alguém que cuide e fique sem miragens. Da última vez disseste que não havia volta, mas voltaste sem eu entender porquê. E voltas … Continuar lendo Escuro.

Preso.

Se a vontade de te ter superasse o medo de perder eu arriscava tudo o que tenho. Mas o problema está em tudo o que me faz ver, que por vezes queremos mas temos de ceder a tudo o que nos afasta do desenho que tão bem fizeram para mim A vida prega partidas sem fim e tu apareceste mesmo à espreita… Faz-me ver, se quiseres ficar porque para perder, prefiro largar tudo o que me leva para ti e que a cada dia me afasta mais de mim. Perco-me em mil pensamentos do que deva ou não fazer. O … Continuar lendo Preso.

Fica.

Não te senti chegar, o perfume era leve e suave. Foste ficando devagar e não te soube colocar entrave. Se te fosse fácil falar muito mais aconteceria, mas és difícil de alcançar, e o todo nunca chegaria. Julgo que é do escuro que tens medo, do não saber para onde vais. Eu só queria que entendesses cedo que te seguro, e nunca cais. Porque te guardo bem e mal não te suporto ver. Porque quem devagar vem é quem mais não se quer perder… Continuar lendo Fica.

Arde.

Senti a tua falta como se para sempre te fosse perder… Fechava os olhos e lá estavas comigo. Sentia tudo tão bem que não quis ver, que me escapavas e eu perdia abrigo. Volta, por favor, faz-me sentir segura. Assim não vejo o caminho a seguir, sem ti tudo é vazio e a noite mais escura. Deixei-me ir, e sinto-me devagar cair… Ajuda-me a respirar, não sais de repente, deixa-me devagar acostumar a não te ter sempre presente. Sei que me vai custar, sei que me vou perder. Mas vou saber o que foi amar, de uma forma que chega … Continuar lendo Arde.

Não.

Por favor não me faças gostar. Não me faças sentir o que eu não consigo cumprir. Não me faças amar outra vez, não depois de tudo o que já pensei que era amor. Eu quero afastar-me, quero me impedir de voltar a sentir, mas cada vez que sorris é impossível não fixar, é impossível não brilhar… Tudo me diz que não podes ser tu a pessoa certa, não em tão pouco tempo e não, por seres quem és e dizem ser. Eu continuo a dizer não e o meu corpo teima em dizer que sim… Ele quer seguir mas sei … Continuar lendo Não.

Sorry.

“I’ve missed your calls for months it seems Don’t realize how mean I can be ‘Cause I can sometimes treat the people That I love like jewelry ‘Cause I can change my mind each day I didn’t mean to try you on But I still know your birthday And your mother’s favorite song So I’m sorry to my unknown lover Sorry that I can’t believe That anybody ever really Starts to fall in love with me Sorry to my unknown lover Sorry I could be so blind Didn’t mean to leave you And all of the things that we had … Continuar lendo Sorry.

Mútuo.

Respira o que o rodeia, e hesita ao desviar o olhar porque sabe que o sorriso encadeia e fica impossível não apaixonar! Ela é tudo o que ele queria, mas na cabeça tem alguém não vale pensar como seria se lhe fica tão aquém. Quanto mais a deseja mais pede para não pensar que por mais importante que seja nunca o poderia amar… Talvez um dia ela o olhe, e veja o que ele lhe pode dar. Talvez um dia o seu detalhe a faça querer ficar.       Continuar lendo Mútuo.

Razão

Segue o teu coração, é o que todos sempre te dizem. Mas na verdade, não sabes mais para onde ir. Julgas que todos partiram, pedes para te ouvirem, sentes cada pedaço cair. Cansada de o procurar vens um dia a descobrir, que te roubaram em tempos. Tens dificuldade em amar, não sabes bem o que sentir e perdes-te sempre nos momentos. Vivemos todos presos ao querer viver o tudo e o agora. Queremos o mundo e o vazio, tanto que não sabemos o que escolher. Procuramos aquele que adora… Esquecemo-nos do verdadeiro desafio… Aquele que nos manda parar, pensar se … Continuar lendo Razão

Luto.

Tenho na memória o teu sorriso que pela última vez se esboçou. Não tenho o tempo preciso mas ainda sinto como me soou. E recordo o teu toque que não queria largar lembro o teu medo de ir. O medo que não quer ir ou ficar mas que chega a ser por sentir… Eu não sei o que te disse, mas sei tudo o que te queria dizer. Eu pedi que me evadisse A vontade de não te perder. Ficas sempre comigo e a calma vem quando me lembro que para mim eras um amigo que para sempre levo e relembro!   Continuar lendo Luto.